Pedalo para a Escola!

Pedalo para a Escola!


O “Pedalo para a Escola” é um projeto da autoria da associação cívica Braga Ciclável, que tenta, ao máximo, promover a utilização da bicicleta, na cidade de Braga. Este projeto tem como intuito, promover a deslocação no trajeto casa-escola, de bicicleta. Neste momento, o projeto realiza-se às quartas-feiras, e, no trajeto realizado pelo “comboio” de bicicletas, encontram-se definidas 7 ciclo-paragens, onde os participantes podem esperar por este.

Alunos de algumas escolas/colégios da cidade já participam no projeto, mas se fosse possível, considero que era importante a participação dos professores, na promoção do projeto, para assim, este passar a ter mais participantes, o que se tornaria muito benéfico para a cidade de Braga.

Como participante neste projeto, e estudante, gostaria de dizer que é um projeto bem organizado, civicamente influente, e que torna a ida para a escola divertida. Para além disso, ir de bicicleta para a escola desenvolve o bem-estar emocional e promove a capacidade de atenção na sala de aula. Estes fatores também beneficiam o sistema escolar, pois os alunos ao estarem mais concentrados nas aulas, fazem menos barulho, aumentam a sua capacidade de aprender, tornando as aulas sejam mais produtivas.

Para além destas vantagens, ir de bicicleta para a escola, também tem vantagens urbanas, como, diminuir o tráfego automóvel caótico, da cidade, nos dias úteis; vantagens para a saúde pública, como diminuir a obesidade infantil que todos vemos que é um problema gravíssimo. Os adultos, ao acompanharem as crianças e adolescentes, de bicicleta, para a escola, estão, também, a combater a obesidade na idade adulta, e a incentivar a que as gerações, de agora, e futuras, sejam mais ativas, na sua mobilidade.

Muitas vezes, a não utilização da bicicleta, tem como justificação a distância do trajeto casa-escola, ou então, o estado de tempo. Estes dois motivos são muito fáceis de contornar, por exemplo, se alguém não viver nas imediações do trajeto, mas viver perto da sua escola, pode optar por ir a pé, ou então definir um trajeto de bicicleta. Se viver longe, sempre pode optar por usar os transportes públicos, ou, se nada disto for possível, pode deixar o carro mais longe do sítio pretendido, e andar um pouco a pé, gastando menos combustível, mas mais energia individual. A questão do estado de tempo também é fácil de contornar, comprando o equipamento necessário para a chuva, como um poncho e calças impermeáveis.