Braga Ciclável reuniu com Bloco de Esquerda

Braga Ciclável reuniu com Bloco de Esquerda


A Associação Braga Ciclável reuniu esta esta 4ª feira, dia 24 de maio, com a candidata do Bloco de Esquerda às próximas eleições autárquicas, Paula Nogueira, para apresentação de uma proposta relacionada com a mobilidade urbana sustentável para Braga. Trata-se da primeira de uma série de reuniões que a Braga Ciclável pretende realizar, com cada uma das forças políticas que concorrem este ano para a eleição do próximo executivo municipal.

A associação esteve representada por Mário Meireles e Victor Domingos (membros da Direção), e Antony Gonçalves (membro do Conselho Fiscal), que entregaram pessoalmente à candidata Paula Nogueira e à sua equipa um breve dossiê com algumas medidas de promoção da utilização da bicicleta e de melhoria da segurança para todos os utentes da via pública. Os utilizadores da bicicleta esperam assim que estas e outras medidas venham a ser incluídas no programa eleitoral deste ano.

Braga Ciclável reune com Paula Nogueira, candidata do Bloco de Esquerda

As medidas propostas são diversas e vão desde a implementação dos 80 km de rede ciclável, já anteriormente prometidos pela CMB, até à colocação de bicicletários, a sobreelevação de todas as passadeiras para proteção dos peões, a criação de um sistema de bicicletas partilhadas, o aumento da frota de bicicletas das forças policiais da cidade, a implementação de programas municipais de incentivo do uso da bicicleta, entre outras.

Uma vez que o dossiê não havia sido entregue previamente, esperamos ainda receber uma resposta oficial da candidatura do Bloco de Esquerda após a sua análise da proposta agora apresentada.

Entretanto, estão ainda a ser agendadas as reuniões com os candidatos das coligações CDU e PSD/CDS/PPM, bem como do PS.

Ciclistas Urbanos em Braga #95


Ciclistas Urbanos em Braga

O professor José Ribeiro, que vemos aqui acompanhado pelo seu amigo Miguel, mora no centro e usa frequentemente a bicicleta para ir para as aulas, reuniões e não só.

Foto: cortesia de Rómulo Duque

Ciclistas urbanos de Braga reuniram com Bloco de Esquerda


Ciclistas urbanos de Braga reuniram com Bloco de Esquerda

Realizou-se esta segunda-feira, dia 30 de junho, em Braga, uma reunião com Miguel Coelho e José Ribeiro, membros da concelhia do Bloco de Esquerda de Braga, para apresentação da proposta de promoção da mobilidade sustentável. Nesta reunião, estiveram presentes Rómulo Duque (Encontros com Pedal) e Victor Domingos (Braga Ciclável).

Na sequência das recentes audiências com o Eng. Rui Gonçalves, do Gabinete de Apoio ao Vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga, e com o vereador Ricardo Rio, do PSD, e com Carlos Almeida e Carla Cruz, do PCP, o movimento de cidadãos reuniu agora também com representantes do Bloco de Esquerda, com o mesmo objetivo de transmitir a mensagem de que é urgente criar condições de estacionamento e de circulação em segurança para os ciclistas na cidade de Braga. Nesta reunião foram apresentadas novamente algumas sugestões de medidas práticas para tornar Braga uma cidade com melhores condições para o uso da bicicleta como meio de transporte. Pretende-se que, a curto ou médio prazo, os bracarenses e todos aqueles que visitam a cidade de Braga possam sentir a necessária segurança para poderem livremente usufruir das vantagens deste meio de transporte mais económico, mais saudável e mais amigo do ambiente.

Ciclistas urbanos de Braga reuniram com Bloco de Esquerda

Miguel Coelho e José Ribeiro mostraram-se bastante recetivos à proposta e recordaram algumas das posições que o Bloco de Esquerda tem tomado aquando da discussão pública e da votação de determinadas medidas. Esperamos poder contar brevemente com uma resposta oficial do Bloco de Esquerda, após a sua análise mais aprofundada do dossiê agora entregue.

Brevemente, serão agendadas novas reuniões com os responsáveis das restantes formações políticas da cidade de Braga e outras instituições, no sentido de dar a conhecer esta proposta e sensibilizar os vários setores da sociedade bracarense. Aguardamos também com alguma expectativa uma resposta ao pedido de audiência que apresentamos recentemente junto da fundação responsável pelo projeto Braga Capital Europeia da Juventude 2012, bem como as respostas oficiais das diversas instituições já abordadas.