Este sábado, dia 6 de abril às 17h00, realiza-se uma nova edição da Cicloficina na Rua do Castelo. Nestes encontros informais, as pessoas aparecem e fazem ou aprendem a fazer a manutenção da sua própria bicicleta, ou ajudam a arranjar a bicicleta de outros participantes.

As cicloficinas de Braga acontecem duas vezes em cada mês, e em dois locais distintos: no primeiro sábado de cada mês na Rua do Castelo, e na terceira terça-feira de cada mês nos Campos da Rodovia.

Uma cicloficina baseia-se na simplicidade do funcionamento mecânico das bicicletas e caracteriza-se por oferecer acesso a ferramentas, peças usadas e sobretudo a um momento de conhecimento partilhado. Em cada sessão as pessoas são motivadas a familiarizarem-se com a sua própria bicicleta, apercebendo-se de como se podem tornar responsáveis pelas suas pequenas manutenções e reparações. É uma oportunidade de aprender e conversar e com os outros ciclistas sobre estas reparações e sobre outros assuntos relacionados com a utilização regular da bicicleta, que surgem naturalmente.

Não se deve confundir uma cicloficina com uma loja, pois além de não ter fins lucrativos, na cicloficina não se pretende prestar serviços a clientes, mas sim partilhar conhecimentos. A cicloficina, com o seu papel de divulgação e promoção da bicicleta, beneficia as empresas do ramo ao expandir a sua base de potenciais clientes. Daí que em Braga a cicloficina conte não só com o apoio da Associação Braga Ciclável, mas também de três lojas da cidade. Esperamos que mais se juntem a estes encontros informais.

Há várias cicloficinas a acontecerem regularmente pelo país, mas o seu início ocorreu fora de Portugal. Espanha e Itália, por exemplo, têm já uma forte tradição nesta área. Muitas vezes as cicloficinas têm como intuito arranjar bicicletas para pessoas sem posses e oferecer essas mesmas bicicletas.

Todos são convidados a aparecer, trazer peças e bicicletas para reparar ou afinar, ou simplesmente conversar sobre o uso da bicicleta.

Braga Ciclável