Conduzir na nossa cidade cada vez mais é uma aventura!

Mesmo não havendo filas gigantes, que provocam stress, aumentam a poluição e derretem a paciência, como em cidades maiores, os condutores de Braga são verdadeiros pilotos! Desde ultrapassagens em cima de curvas, linhas contínuas, excesso de velocidade (fazem de qualquer via uma autêntica autoestrada), a fracos acessos e fraco policiamento!

Como condutora (automobilista e ciclista) que sou, fiz bastantes quilómetros em cidades com tradição de ciclismo urbano, como Copenhaga e Amesterdão e concluo que circular de bicicleta na nossa cidade não é propriamente uma actividade segura e agradável!

Actualmente, como esposa de um ciclista assíduo, ainda por cima grávida, não consigo sentir-me descansada, sabendo que ele partilha as vias com condutores de máquinas que, apenas com um retrovisor poderão magoá-lo, ou outro tipo de consequências de maior gravidade! Cada vez que ele sai de bicicleta, mal confirma que saiu do trabalho e que vai a caminho de casa, verifico o minuto a que ele saiu, oiço o ponteiro dos segundos a passar e fico apreensiva a ver as luzes dos automóveis na cidade, das janelas de nossa casa. Tento procurar as luzes da bicicleta dele, o que é praticamente impossível, imaginando que está a chegar são e salvo! Passam-se os segundos, formando minutos e ele não chega, pego no telemóvel e envio uma mensagem e… recebo resposta: “Estou na garagem! Acabei de chegar!”. Parece que tudo pára nesse momento!

Porque é que temos que passar por isto? Pedir-lhe que pare de andar de bicicleta será uma maldade! Mais ninguém sofre o mesmo? A culpa não é dos peões, dos ciclistas que conservam a cidade, que respeitam os outros, mas sim de quem desrespeita, de quem governa e não defende as pessoas, não defende a cidade. Pedalar ou caminhar em segurança é um direito de todos!

BASTA DE ATROPELAMENTOS E ACIDENTES!

Bebé a Bordo?

GRÁVIDAS PODEM ANDAR DE BICICLETA?

Sim, mas com precauções a tomar: evitar percursos acidentados e arriscados, nunca andar só e parar no terceiro trimestre. Atenção: as grávidas primeiramente deverão confirmar com o médico que as acompanha!

POSSO FAZER DESLOCAÇÕES DE BICICLETA COM O BEBÉ?

Sim, a partir dos 9 meses, já existem cadeiras compatíveis e homologadas para tal! Para além de saudável para a mãe, em condições favoráveis e confortáveis (sem trânsito, sem mau tempo, etc.), a criança desfrutará de algo novo e terá experiências únicas e até poderão ajudar a desenvolver o prazer de andar de bicicleta no futuro!


(Artigo originalmente publicado na edição de dezembro de 2016 da Revista Rua)

Rosinha Silva

Rosinha Silva

Engenheira química, do ambiente e da vida em duas rodas.
Rosinha Silva

Latest posts by Rosinha Silva (see all)

%d bloggers like this: