Parquear a bicicleta em locais públicos é um desafio diário para qualquer ciclista urbano. Tal implica procurar um local específico para o efeito ou em alternativa um poste, uma árvore ou outro local fixo que permita prender a bicicleta e torná-la indisponível para os “amigos do alheio”.

Existem vários tipos de suportes para estacionamento de bicicletas, existem até cidades que desenvolveram o design dos seus próprios suportes. Do ponto de vista da segurança, é fundamental que eles permitam prender as duas rodas e o quadro das bicicletas. Em Braga a grande maioria dos suportes segue o modelo de Sheffield, um U invertido que cumpre os principais requisitos de segurança.

Apesar de serem altamente vantajosos do ponto de vista da segurança, os suportes para estacionamento têm o risco de poder transmitir uma falsa noção de segurança ao utilizador menos experimentado e que não cumpre alguns procedimentos básicos no que diz respeito à proteção da sua bicicleta. Importa por isso sugerir alguns desses procedimentos que podem ser tidos em conta na hora de estacionar a bicicleta, quer seja num suporte dedicado para o efeito ou não:

  • É fundamental a utilização de cadeados de boa qualidade. Os cadeados feitos a partir de cabo de aço são os mais utilizados, no entanto são muito inseguros podendo ser facilmente cortados. Nunca deixe a sua bicicleta segura apenas por um cabo de aço! Uma boa alternativa são as correntes de aço e os cadeados rígidos em forma de “U”.
  • Sempre que possível a bicicleta deve ter as duas rodas presas e é fundamental que pelo menos um cadeado seja colocado de forma a prender também o quadro.
  • Nas bicicletas com sistemas de troca rápida de rodas é conveniente trocar estes sistemas por parafusos e porcas tradicionais, de forma a dificultar o seu roubo.
  • Deve-se estacionar a bicicleta em locais visíveis, evitando deixá-la com acessórios facilmente removíveis.

Boas pedaladas!


(Artigo originalmente publicado na edição de 20/08/2016 do Diário do Minho)

Zé Gusman

Zé Gusman

Minhoto, físico de formação, interessado por questões ambientais, atleta nos tempos livres e que usa a bicicleta no dia-a-dia.
Zé Gusman

Latest posts by Zé Gusman (see all)

%d bloggers like this: