Quem somos? Qual a nossa luta? O que queremos? Muito simples. A Braga Ciclável é uma associação sem fins lucrativos que luta por uma política de mobilidade sustentável onde as bicicletas tenham um papel ativo. É nosso grande objetivo fomentar o uso da bicicleta, enquanto meio de transporte quotidiano, numa vasta faixa etária, mas com especial incidência/insistência nos mais novos, aqueles que serão o futuro da nossa cidade, do nosso país, do nosso planeta. Não lutamos contra os automóveis, lutamos a favor de maior qualidade no ar que respiramos, de um modo de vida inteligente do ponto de vista dos gastos energéticos e da pegada ecológica, de uma postura socialmente responsável, porque o ar que respiramos não é propriedade exclusivamente nossa, o ar que poluímos é de todos. Isto para não falar que pedalar traz benefícios físicos e psicológicos, que podem evitar umas quantas idas ao médico ou ao psicólogo… claro!

Suor, falta de condições de circulação, falta de estacionamentos para velocípedes, falta de civismo, são alguns dos argumentos, uns mais válidos do que outros, que a maioria apresenta para resistir à utilização da bicicleta. A falta de infraestruturas é real, mas é algo que há muito reclamamos junto das autoridades competentes. Estacionamentos são precisos mais, embora já existam alguns, mesmo que a sinalização esteja por homologar. Para atenuar o suor, existem os desodorizantes. Para a falta de civismo, a melhor solução é a educação!

E para aqueles que dizem que não somos Amesterdão, desenganem-se porque aquela nem sempre foi a capital da bicicleta. No início do século XX, Amesterdão era uma cidade repleta de carros, mas que soube reconhecer o caminho urbanisticamente destrutivo que estava a seguir e teve a coragem de mudar de rumo.

Se mesmo assim ainda não acreditam que é possível utilizar a bicicleta como meio de transporte, em Braga, juntem-se a nós no dia 5 de Junho, Dia do Ambiente, para o II Braga Cycle Chic. Vamos todos pedalar juntos, num percurso pré-definido, em grande estilo, conhecendo um pouco mais do património histórico-cultural da nossa cidade e do muito que tem para oferecer. No ano passado fomos cerca de 220 pessoas a conviver, este ano queremos ainda mais. Partiremos da Praça da República às 15h e se, no final, ainda continuarem a acreditar que não é possível pedalar em Braga… aceitamos reclamações e sugestões!

Artigo publicado na edição nº 4 da Revista Rua (junho de 2016)


(Artigo originalmente publicado na edição de junho de 2016 da Revista Rua)

Marta Sofia Silva
Marta Sofia Silva

Latest posts by Marta Sofia Silva (see all)

%d bloggers like this: