Já lá vão os tempos em que meninos e meninas aprendiam a andar de bicicleta, andavam em grupo e divertiam-se a pedalar…na chegada da adolescência, os rapazes continuavam a utilizar a bicicleta para diferentes fins (deslocação para a escola, desporto, lazer, etc.), enquanto as raparigas deixavam a bicicleta para trás. Nesta fase do crescimento, os interesses mudavam, ajudados também pelo facto da nossa sociedade encarar a bicicleta como algo mais masculino do que propriamente feminino. Por outro lado, as bicicletas em geral eram criadas e desenvolvidas tendo em vista o utilizador do sexo masculino, descurando assim todas as potencialidades do enorme mercado feminino. Contudo, bastava viajarmos para algum país do norte da Europa para nos depararmos com uma realidade totalmente diferente: a bicicleta era e é usada como meio de transporte, por qualquer faixa etária, sexo, estrato social e em todas as estações do ano.Felizmente, no nosso país, atualmente, podemos verificar uma mudança na utilização da bicicleta por parte da sociedade em geral, em especial por parte das mulheres.
Na maioria das lojas de artigos desportivos e citadinos é possível encontrar vários modelos e tipos de bicicletas criadas especificamente para utilizadores do sexo feminino. Além da bicicleta em si, existe uma vasta gama de acessórios e componentes que permitem que a bicicleta seja usada em diversos contextos, como por exemplo, no meu caso, fazer as compras do quotidiano. Para tal basta um cesto grande e bonito, que me permite colocar os sacos das compras, o cadeado, a minha bolsa, entre outros acessórios.
Ainda há muito a ser feito no que respeita à mobilidade na nossa cidade, contudo acredito que se mais mulheres adoptarem a bicicleta no seu dia-a-dia, mais rapidamente conseguiremos alcançar uma Braga mais Ciclável!


(Artigo originalmente publicado na edição de 29/8/2015 do Diário do Minho)

Rosinha Silva

Rosinha Silva

Engenheira química, do ambiente e da vida em duas rodas.
Rosinha Silva

Latest posts by Rosinha Silva (see all)

%d bloggers like this: