Na sequência da recolha e avaliação de 88 propostas que a Câmara Municipal de Braga já fez para o Orçamento Participativo de 2016, encontra-se a decorrer neste momento a 1ª fase de votação de 66 propostas que foram aprovadas.
Este ano a votação não é feita em apenas um projeto, mas sim num projeto por categoria, perfazendo um total de 6 votos por pessoa.

Das ideias apresentadas pelos cidadãos, foi aprovado um total de 66 projetos, que estão agora a ser sujeitos a votação pública, através do site do Orçamento Participativo. Os referidos projetos estão divididos em várias áreas, tendo sido selecionados 9 propostas da área de trânsito, mobilidade, acessibilidades e segurança rodoviária e 5 propostas da área turismo, comércio e promoção económica.

Das 14 propostas apresentadas nestas duas áreas, destacamos as duas que estão diretamente relacionadas com a causa que defendemos neste espaço, a promoção do uso da bicicleta e o aumento da segurança dos peões e ciclistas. São elas:

OP16/PROJ000007 – Via ciclável e faixa bus no eixo constituído pelas Avenidas 31 de Janeiro e Porfírio da Silva

avenida-31-de-janeiro

A utilização de bicicletas em contexto urbano é, em muitos casos, a melhor opção para o cidadão, pois minimiza o tempo de viagem e o custo. Além disso, é um meio de transporte não poluente, o que contribui para um melhor ambiente. A cidade de Braga apresenta-se como muito adequada para promover este modo de transporte, mas, para tal acontecer, é necessário criar condições de segurança para todas as pessoas que queiram usar a bicicleta. As questões de segurança são especialmente críticas para que os adolescentes e jovens possam circular de bicicleta na cidade com todo o conforto e segurança. A correta resolução dos pontos críticos, como cruzamentos e rotundas, é também fundamental para a promoção do uso da bicicleta como meio de transporte generalizado.
As avenidas 31 de janeiro e Porfírio da Silva constituem um eixo estrutural da cidade com ligações a diversos equipamentos (centros de saúde, ciclovia do rio Este, escolas, tribunal, centro da cidade, Segurança Social, mercados, talhos, entre outros).
Este projeto sugere a criação de vias cicláveis nesse eixo e nas ligações dessas avenidas às escolas instaladas na zona (Alberto Sampaio, Carandá, Companhia da Música, André Soares, D.ª Maria II, São Lázaro, Carlos Amarante, São Vítor, Calouste Gulbenkian).
Sugere-se ainda a introdução duma faixa BUS na avenida 31 de janeiro, permitindo assim a circulação de diversos modos de transporte (peão, bicicleta, autocarro e automóvel) em espaço próprio, acomodando todos.

OP16/PROJ000022 – BragaOn – turismo e mobilidade

Criação de uma aplicação móvel BragaOn (complementada com mapa de papel e sitio na internet) de informação cultural e do património com propostas de roteiros integrados na cidade, complementada com oferta de transportes públicos.
Implementação de oferta de transporte autónomo – bicicletas elétricas de aluguer temporário – em pontos estratégicos da cidade (estação de comboio, estação de camionagem, mercado municipal, Universidade, Bom Jesus, Mosteiro de Tibães).
Exemplos de roteiros propostos:
• Bom Jesus e Sameiro: património religioso, elevador e ambiente.
• Museus e Mosteiro de Tibães.
• Roteiro Gastronómico: das papas às frigideiras da sé.
• Centro da cidade: vestígios romanos.
• Centro da cidade: a Sé, o barroco e a religião.
• Centro da cidade: viver em braga (Teatro Circo, mercado cultural, mercado municipal, …).
• Shopping em Braga (lojas únicas, novos conceitos, shoppings, …).
• Roteiro Universidade.
• Romanos em Braga: Museu D. Diogo, Citânia de Briteiros.
• Praias fluviais e parques dos arredores da cidade.
• Braga by night.

Consideramos estas propostas com valor. É bom ver que a comunidade aceitou o repto para uma reflexão sobre as questões que lhe dizem respeito e que a questão da mobilidade e da segurança rodoviária (incluindo a dos ciclistas) não ficaram esquecidas. Esperamos que, independentemente do resultado da votação, o executivo camarário aproveite posteriormente algumas das que, por limitação processual, não venham a ser executadas no âmbito deste Orçamento Participativo, mas que ainda assim se revistam de valor para a cidade.
Convém recordar que cada pessoa registada pode votar numa proposta por cada área, ou seja, pode votar nestes dois projetos porque se encontram em áreas distintas.
Estes projetos encontram-se em votação de 1 a 18 de setembro em que 5 projetos de cada categoria passam à 2ª fase onde depois serão escolhidos apenas 1 de cada categoria e onde os cidadãos votam apenas num projeto.

No dia 8 de Outubro são dados a conhecer os Projetos mais votados!

Participe. Vote aqui!

Braga Ciclável

Braga Ciclável

A Associação Braga Ciclável representa os cidadãos que utilizam ou desejam começar a utilizar a bicicleta na cidade de Braga, como meio de transporte e pretende contribuir para a melhoria de condições de segurança e conforto, com vista a expandir esse uso e tornar Braga uma cidade onde seja mais seguro e mais agradável viver. Vamos fazer de Braga uma cidade mais amiga dos peões, das bicicletas e dos ciclistas!
Braga Ciclável
%d bloggers like this: