Há uns meses, quando decidi escrever uma carta aberta à autarquia, era a isto que me referia. Com a quantidade absurda de acidentes que já se deram neste e nos outros cruzamentos da Avenida Antero de Quental, já vai sendo tempo de a Câmara Municipal de Braga fazer qualquer coisa em relação a esse assunto.

Sem querer retirar a devida responsabilidade aos condutores que circulam nestes cruzamentos da Av. Antero de Quental, a minha opinião é de que grande parte destes acidentes seriam perfeitamente evitáveis se não existissem aquelas duas filas de estacionamento junto ao separador central. A verdade é que nestes cruzamentos os carros estacionados retiram a visibilidade necessária aos veículos que circulam na via.

Como está bom de ver (até pelas setas antigas que ainda se encontram marcadas no asfalto dentro de alguns lugares de estacionamento), estes estacionamentos centrais não haviam sido originalmente projetados aquando da criação desta zona comercial e residencial. Inicialmente havia duas faixas de trânsito em cada um dos sentidos, mais uma fila de estacionamento de cada lado, junto aos passeios. Caso para dizer que foi pior a emenda do que o soneto…

Puxando a brasa à sardinha, diria que há ali espaço mais do que suficiente para criar uma ciclovia entre o Braga Retail Center e o Braga Parque e – porque não? – ligando à zona de Gualtar pela Rua Nova de Sta. Cruz e Rua Quinta da Armada. Bastaria voltar eliminar aquelas duas filas de estacionamento em excesso e reorganizar o espaço e a sinalização.

E, por falar em estacionamento, era boa ideia haver estacionamento para bicicletas no Retail Center e no Braga Parque, mas isso é uma outra conversa…

Victor Domingos

Victor Domingos

Escritor independente. Aprendiz de poeta, de ciclista e de tantas tantas coisas mais.
Victor Domingos
%d bloggers like this: