Ciclistas Urbanos em Braga

O Bruno começou há cerca de um mês a ir de bicicleta para o trabalho. Entre os percursos que faz habitualmente, destaca-se a famosa rota da Rua D. Pedro V, entre a zona da Gulbenkian e o centro da cidade.

Nota:

Como já vimos afirmando com certa regularidade, a Rua D. Pedro V é uma das principais vias de circulação de ciclistas em Braga, que precisa de algumas pequenas adaptações no sentido de melhorar a segurança para peões (ainda há dias vi uma cadeira de rodas a circular na faixa de rodagem, por não conseguir ir pelo passeio, e todos os dias vejo peões a caminhar na faixa de rodagem, porque o passeio é estreito demais), para ciclistas (no mínimo, sinalização horizontal e vertical em ambos os sentidos, a autorizar a circulação e a avisar da presença de ciclistas).

Seria importante melhorar o piso no trecho entre a Junta de Freguesia de São Vítor e a Avenida Central (zona do Largo Senhora-a-Branca). As ruas de paralelo são uma desgraça para a mecânica das bicicletas, e um veneno para as articulações dos ciclistas…

Falta também, atualmente, neste ponto, uma ligação mais lógica para o percurso de que vem de bicicleta. Alguns ciclistas vão de bicicleta até à passadeira que está logo antes do cruzamento com a Rua do Sardoal, e atravessam aí para a parte pedonal da Av. Central; outros atravessam nas passadeiras da Av. 31 de Janeiro e da Rua do Raio, e fazem depois um trecho pelo passeio até à Av. Central. Mas falta ali uma ligação mais lógica, sem obrigar a apear e/ou usar passadeiras e passeios.

Victor Domingos

Victor Domingos

Escritor independente. Aprendiz de poeta, de ciclista e de tantas tantas coisas mais.
Victor Domingos

Latest posts by Victor Domingos (see all)

%d bloggers like this: